Vacinas: Pfizer pior do que AstraZeneca?

Artigo brevíssimo publicado há um par de dias no diário italiano Il Tempo. Eis o texto: Não é verdade que a vacina da Pfizer seja mais segura do que outras. Os dados mais recentes da AIFA [Agenzia Italiana del Farmaco, “Agência Italiana do Medicamento”, ndt] tal como foram divulgados na…

Ler mais... Vacinas: Pfizer pior do que AstraZeneca?

Covid: os efeitos das vacinas na Escócia e na França

Covid, mais uma vez. Ao longo deste ano (um pouco mais, na verdade) os dados divulgados sofreram dum evidente bipolarismo. Numa primeira fase prevaleceu a atitude pessimista ao ponto que, por exemplo, desapareceu a distinção entre mortos “de Covid” e “com Covid”: muito cedo passaram a ser todos mortos “de…

Ler mais... Covid: os efeitos das vacinas na Escócia e na França

Misturar as vacinas? 100% seguro, como sempre…

Nesta altura fala-se com cada vez mais frequência de misturar as vacinas anti-Covid. A ideia é que uma pessoa que recebeu como primeira dose a vacina X pode tranquilamente receber como segunda dose a vacina Y e tudo acabará bem. Mesmo que as duas vacinas actuem segundo princípios diferentes: por…

Ler mais... Misturar as vacinas? 100% seguro, como sempre…

Covid: mais vacinas = mais casos?

Diz a revista Forbes: Os países com as taxas de vacinação mais elevadas do mundo, incluindo quatro dos cinco mais vacinados, estão a lutar para conter os surtos de coronavírus que são, numa base per capita, mais graves daquele que actualmente assola a Índia, uma tendência que tem peritos a…

Ler mais... Covid: mais vacinas = mais casos?

MIT: “Os Leitores de Informação Incorrecta são inteligentes”

Os Leitores de Informação Incorrecta estão de parabéns. Não sou eu que digo isso: é o MIT, o Massachusetts Institute of Technology. Os pesquisadores da conceituada instituição publicaram um novo estudo segundo o qual os cépticos e os que se opõem às medidas anti-Covid compreendem melhor a ciência e os…

Ler mais... MIT: “Os Leitores de Informação Incorrecta são inteligentes”

Covid: a origem do vírus e a Navalha de Ockham

A ideia de que o Coronavírus tenha tido uma origem artificial foi antes ridicularizada, combatida e por fim censurada pelos principais meios de comunicação e pelos amplificadores das multinacionais que se autodenominam fact-checkers, os “verificadores de factos”. Agora a questão do papel do Instituto de Virologia de Wuhan está ganhar…

Ler mais... Covid: a origem do vírus e a Navalha de Ockham

Covid: comam bananas

O estadounidense CDC muda as regras. O Centros de Controle e Prevenção de Doenças, agência do Departamento de Saúde e Serviços Humanos dos Estados Unidos, recomenda agora um valor do CT RT-PCR reduzido para 28 ciclos. Lembramos: num teste RT-PCR, o padrão para o diagnóstico de SARS-CoV-2, o RNA é…

Ler mais... Covid: comam bananas

Covid: não faz sentido vacinar os mais jovens

Um grupo de 28 peritos médicos suecos exortou, numa carta aberta, a que apenas os grupos de risco contra a Covid-19 sejam vacinados, não os jovens e saudáveis. A carta pode ser encontrada no diário sueco Göteborgs-Posten, assinada por 28 médicos e investigadores, incluindo o psiquiatra Sven Román e Nils…

Ler mais... Covid: não faz sentido vacinar os mais jovens

Reino Unido: 60-70% dos novos casos são vacinados. E a imunidade de rebanho…

Senhoras e senhores: marcha-atrás. Imunidade de rebanho? Não serve. Palavra de Anthony Fauci, como relatado pelo diário italiano Corriere della Sera: Deixámos de utilizar este limiar quase místico As infecções diminuem de qualquer forma, assim como as hospitalizações e as mortes. A chave? A vacina. Portanto esqueçam a imunidade do…

Ler mais... Reino Unido: 60-70% dos novos casos são vacinados. E a imunidade de rebanho…

Covid: R0, Portugal e o efeito Fátima

…e assim Portugal começa a quarta fase do desconfinamento. Ainda há restrições, mas muitas delas caíram: o Parlamento não renovou o estado de emergência e passou para um mais leve estado de camelidade. Ou calamidade, pontos de vista. Os especialistas advertem: “Ainda não acabou!” e já pensam com uma certa…

Ler mais... Covid: R0, Portugal e o efeito Fátima
%d bloggers like this: