Michel Onfray: entre queijos e ditaduras

  E falamos de livros. Aliás, dum livro: Théorie de la dictature, de Michel Onfray, publicado neste anos pela editora Robert Laffon. Michel Onfray é um filosofo com um defeito: é francês. Mas, apesar disso, tem muitas ideias interessantes: costuma definir-se um pós-anarquista, anticomunista, anti-liberal, anticapitalista e simpatizante do socialismo…

Ler mais... Michel Onfray: entre queijos e ditaduras

Os Anglo-Saxónicos

  Uma das razões pelas quais Informação Incorrecta sempre tratou da História é que…a História somos nós. E esta não é apenas uma frase bonita, é uma realidade. Ao nascer, ninguém é uma folha em branco que espera de ser escrita. Pelo contrário: já há letras, palavras, frases completas que…

Ler mais... Os Anglo-Saxónicos

As revoltas na América do Sul e o FMI

Surpresa: hoje nada de podcast. Voltemos ao antigo, voltemos ao artigo escrito: mas não fiquem habituados porque esta é uma excepção devida a um pequeno problema técnico. E para este artigo old fashion vamos falar de América Latina. Isso porque a região é varrida por uma onda de protestos e de…

Ler mais... As revoltas na América do Sul e o FMI

Crise da Democracia e abstencionismo: causas e soluções

  No dia de Domingo, em Portugal foi dia de eleições legislativas. Os resultados dos vários partidos aqui não interessam, melhor focar-se num outro dado: o abstencionismo. 45.5% dos eleitores não foi ás urnas. Pensamos um pouco acerca deste número: 45.5% significa quase metade dos eleitores. Na verdade, qualquer próximo…

Ler mais... Crise da Democracia e abstencionismo: causas e soluções

França, hebraicos, islâmicos, Soros e arredores

  Na semana passada, o nacionalista e intelectual anti-sionista francês Alain Soral foi condenado a dois anos de prisão por compartilhar um vídeo de rap intitulado Gilets-Jaunes. Quem é Alain Soral? Soral é uma figura anómala no panorama politico clássico: escritor, sociólogo, jornalista e realizador, Soral é um marxista que…

Ler mais... França, hebraicos, islâmicos, Soros e arredores

Greta

  Para já: a transcrição do artigo de hoje: Greta É ela, é ela, a Virgem da Suécia, o gnomo maléfico que vagueia pelo planeta, que anuncia dor e sofrimento, lançando anátemas. Basta, tirem daqui este gnomo, já não aguento… Meus senhores, estamos perante dum novo culto: o culto de…

Ler mais... Greta

A Venezuela presa no grande jogo multipolar: R.I.P.

E Sergio pergunta: como fica a Venezuela no meio disto tudo?: A Venezuela, pois… acho que a Venezuela faz parte do mesmo projecto de enfraquecimento da OPEP. Os Estados Unidos desejam alcançar uma verdadeira autonomia energética: isso não é possível no longo prazo com o fracking, que tem custos elevados,…

Ler mais... A Venezuela presa no grande jogo multipolar: R.I.P.

Começou a batalha final na guerra Big Tech

Começamos com uma frase bonita, que dá sempre um certo tom ao blog: Bellum omnium contra omnes. Linda, não é? Pois. É latim e significa “guerra de todos contra todos”. Pensadores esclarecidos como Thomas Hobbes usaram essa frase para descrever o estado natural da humanidade na ausência de autoridades governamentais.…

Ler mais... Começou a batalha final na guerra Big Tech

Negros

Em princípio foram os marroquinos. Os negros marroquinos. Simpáticos, caminhavam ao longo de quilómetros nas praias, carregados de tudo o que uma pessoa na praia não precisa. Como os cintos, os míticos cintos de pele marroquina: duravam anos. Depois carpetes, óculos, relógios, pulseiras, anéis… e claramente haxixe, de boa qualidade.…

Ler mais... Negros

Como Wall Street criou o milagre chinês (história dum rato)

“Wanda” é o nome de um rato da Logitech, uma empresa multinacional com sedes na Califórnia e na Suíça, que vende 20 milhões de unidades de Wanda por ano. Falamos de rato para computador, não rato com quatro patinhas. Wanda é fabricado num prédio em Shouzou, onde os trabalhadores recebem…

Ler mais... Como Wall Street criou o milagre chinês (história dum rato)
%d bloggers like this: