As vitimas inocentes da “Guerra ao Terror”: as contas

Portal de notícias Zap.AEIOU, título: “Erro trágico”. Pentágono admite que ataque com drone em Cabul não matou terroristas, mas civis Pena que o conteúdo do artigo seja bem pior: um estudo independente concluiu que, desde 11 de Setembro de 2001, os Estados Unidos mataram entre 22 mil e 48 mil…

Ler mais... As vitimas inocentes da “Guerra ao Terror”: as contas

O Relatório Stern

Na indiferença geral acabou o EUMed de Atenas, a reunião de Ministros de Croácia, Chipre, Eslovénia, Espanha, França, Grécia, Italia, Malta e Portugal que uma vez por ano costumam reunir-se algures supostamente para fazer algo. Durante esta reunião, eis o alarme lançado pelo Primeiro Ministro italiano, Mario Draghi, e partilhado…

Ler mais... O Relatório Stern

Rússia: os resultados das eleições

Com 90% dos votos contados, o partido do Presidente Putin (Edinaja Rossija, Rússia Unida) obteve 49.66% dos votos nas eleições da Duma. De acordo com cálculos preliminares, o partido obteria uma maioria na Câmara Baixa do Parlamento, tendo alcançado mais de 300 lugares. O Partido Comunista da Federação Russa (Kommunističeskaja…

Ler mais... Rússia: os resultados das eleições

Afeganistão: afastado o perigo de guerra civil

O Panshir foi conquistado em apenas quatro dias, com muito poucas perdas em ambos os lados. Porque os tajiques desistiram da luta contra os talibans. O filho de Massoud, Ahmad Massoud júnior, após as suas proclamações bombásticas de que estava preparado para lutar até à morte (proclamação bem amplificada pela…

Ler mais... Afeganistão: afastado o perigo de guerra civil

AUKUS

Os Estados Unidos, a Grã-Bretanha e a Austrália anunciaram na passada Quarta-feira uma aliança “histórica” para reforçar as capacidades militares no Pacífico, algo que partilhará tecnologias de defesa avançadas e fornecerá às forças australianas a tecnologia dos submarinos nucleares, alargando ainda mais o impulso de Washington à cooperação militar que…

Ler mais... AUKUS

Tempos perigosos

Vivemos em tempos perigosos, especialmente porque muitas pessoas nem sequer se apercebem disso. Escrevi no Facebook durante dez anos. Ninguém me obrigou, nunca ninguém me pagou para o fazer. Achei-o agradável e divertido. Depois também útil, por vezes até importante. Sempre houve regras, limites, por vezes bastante hipócritas, aborrecidas ou…

Ler mais... Tempos perigosos

Quanto custaram os lockdowns

Após um ano e meio o começo da “pandemia” de Covid-19 é altura de começar a fazer as contas. Quanto custou não a doença mas as medidas que os vários governos adoptaram para enfrentar a emergência? Antes de mais: é uma conta que faz sentido? Porque seria possível pensar que,…

Ler mais... Quanto custaram os lockdowns

11 de Setembro, vinte anos depois

Nos media já começaram as comemorações: vídeos, fotografias, histórias de sobreviventes e muita, muita retórica disfarçada de análises que têm como único objectivo validar uma história inverosímil. É necessário perpetrar a versão oficial, é preciso apoia-la de todas as formas eliminando qualquer dúvida e continuando a rotular os que não…

Ler mais... 11 de Setembro, vinte anos depois

Criptomoedas: do caso de El Salvador aos perigos para todos

Na passada Terça-feira, El Salvador tornou-se o primeiro País do mundo a aceitar o Bitcoin como uma moeda com valor legal. Genial. O projecto, aprovado pelo Parlamento local em Junho passado, tinha sido anunciado com grande entusiasmo pelo Presidente Nayib Bukele mas desde o primeiro dia algo começou a correr…

Ler mais... Criptomoedas: do caso de El Salvador aos perigos para todos

Nós Cidadãos em Arroios: para fazer e semear

Surpresa! Max é candidato nas próximas eleições autárquicas portuguesas. O partido? Nós Cidadãos. Explico. Sendo cidadão italiano posso candidatar-me a um cargo autárquico, isso é, ligado ao poder local. Ficam de fora as eleições políticas nacionais, para as quais é precisa a cidadania portuguesa e nas quais não estou minimamente…

Ler mais... Nós Cidadãos em Arroios: para fazer e semear
%d bloggers like this: