Build-up chinês: resposta ao AUKUS?

Os analistas militares falaram de um contínuo build-up chinês, um aumento da pressão militar por parte de Pequim na possível área de confrontação com Taiwan. Há informações de que 150 aviões da República Popular foram utilizados nos últimos dias, 56 dos quais é dito terem violado o espaço aéreo de…

Ler mais... Build-up chinês: resposta ao AUKUS?

As vitimas inocentes da “Guerra ao Terror”: as contas

Portal de notícias Zap.AEIOU, título: “Erro trágico”. Pentágono admite que ataque com drone em Cabul não matou terroristas, mas civis Pena que o conteúdo do artigo seja bem pior: um estudo independente concluiu que, desde 11 de Setembro de 2001, os Estados Unidos mataram entre 22 mil e 48 mil…

Ler mais... As vitimas inocentes da “Guerra ao Terror”: as contas

Afeganistão: afastado o perigo de guerra civil

O Panshir foi conquistado em apenas quatro dias, com muito poucas perdas em ambos os lados. Porque os tajiques desistiram da luta contra os talibans. O filho de Massoud, Ahmad Massoud júnior, após as suas proclamações bombásticas de que estava preparado para lutar até à morte (proclamação bem amplificada pela…

Ler mais... Afeganistão: afastado o perigo de guerra civil

AUKUS

Os Estados Unidos, a Grã-Bretanha e a Austrália anunciaram na passada Quarta-feira uma aliança “histórica” para reforçar as capacidades militares no Pacífico, algo que partilhará tecnologias de defesa avançadas e fornecerá às forças australianas a tecnologia dos submarinos nucleares, alargando ainda mais o impulso de Washington à cooperação militar que…

Ler mais... AUKUS

11 de Setembro, vinte anos depois

Nos media já começaram as comemorações: vídeos, fotografias, histórias de sobreviventes e muita, muita retórica disfarçada de análises que têm como único objectivo validar uma história inverosímil. É necessário perpetrar a versão oficial, é preciso apoia-la de todas as formas eliminando qualquer dúvida e continuando a rotular os que não…

Ler mais... 11 de Setembro, vinte anos depois

O ISIS no Afeganistão (com ajuda)

As dúvidas circulam há anos. Afirma Hadi Nasrallah, jornalista do Hezbollah: Os EUA utilizaram helicópteros para resgatar os terroristas do ISIS da completa aniquilação no Iraque e transportá-los para o Afeganistão, para os mante-los como insurgentes na Ásia Central contra a Rússia, China e Irão. Dá para acreditar num homem…

Ler mais... O ISIS no Afeganistão (com ajuda)

A libertação do Afeganistão

Basta de férias, tenham vergonha! É tempo de voltar ao trabalho. Começa aqui uma nova época de Informação Incorrecta, com música, gastronomia, concursos, hospedes internacionais e muitas orações, como do costume. A propósito: Covid ou Afeganistão? Comecemos com algo exótico, vamos com a guerra de libertação no Afeganistão. Porque disso…

Ler mais... A libertação do Afeganistão

Um mínimo de coerência

Na Palestina está a consumar-se o enésimo acto de agressão levado a cabo pelas forças nazisionistas de Tel Avive. E alguns Leitores devem ter reparado no silêncio de Informação Incorrecta acerca do assunto. Não é que eu não siga os acontecimentos e não fique enjoado, só que para falar seriamente…

Ler mais... Um mínimo de coerência

Despesas militares 2020: em aumento

Sim, tá bom, o Covid, a “pandemia”… mas as armas são sempre as armas, como resistir ao perverso fascínio dum míssil balístico intercontinental? Ou até duma simples granada. Eis portanto que o relatório anual do SIPRI (Stockholm International Peace Research Institute) mostra como a despesa militar global continuou a aumentar…

Ler mais... Despesas militares 2020: em aumento

Ucrânia: a guerra quente

Nem sempre concordo com Pepe Escobar, mas esta sua leitura da situação na Ucrânia e arredores, publicada em Strategic Culture, é uma pequena jóia que merece ser lida: Então, quem quer uma guerra quente? Por Pepe Escobar É uma batalha de escorpiões dentro de um turbilhão de espelhos distorcidos no…

Ler mais... Ucrânia: a guerra quente
%d bloggers like this: