Os EUA apoiam a democracia. Ou quase.

Curioso estudo preparado por Freedom House, a ONG progressista demasiado próxima da Administração dos EUA, e retomado por Matthew Hoh de Counter Punch. Segundo os resultados, o governo de Washington apoia quase 75% dos ditadores mundiais, autocracias, monarquias e regimes militares com armas, treino militar e dinheiro. Comparando a lista…

Ler mais... Os EUA apoiam a democracia. Ou quase.

A Operação Sirli

As revelações feitas pelo site Disclose estão a causar um terramoto político. Citando “documentos confidenciais de Defesa”, fotografias de satélite e mapas, Disclose denuncia uma utilização distorcida das informações da inteligência militar francesa, da qual o Palácio do Eliseu (residência oficial do Presidente da República Francesa) também teria tido conhecimento,…

Ler mais... A Operação Sirli

Build-up chinês: resposta ao AUKUS?

Os analistas militares falaram de um contínuo build-up chinês, um aumento da pressão militar por parte de Pequim na possível área de confrontação com Taiwan. Há informações de que 150 aviões da República Popular foram utilizados nos últimos dias, 56 dos quais é dito terem violado o espaço aéreo de…

Ler mais... Build-up chinês: resposta ao AUKUS?

AUKUS

Os Estados Unidos, a Grã-Bretanha e a Austrália anunciaram na passada Quarta-feira uma aliança “histórica” para reforçar as capacidades militares no Pacífico, algo que partilhará tecnologias de defesa avançadas e fornecerá às forças australianas a tecnologia dos submarinos nucleares, alargando ainda mais o impulso de Washington à cooperação militar que…

Ler mais... AUKUS

Despesas militares 2020: em aumento

Sim, tá bom, o Covid, a “pandemia”… mas as armas são sempre as armas, como resistir ao perverso fascínio dum míssil balístico intercontinental? Ou até duma simples granada. Eis portanto que o relatório anual do SIPRI (Stockholm International Peace Research Institute) mostra como a despesa militar global continuou a aumentar…

Ler mais... Despesas militares 2020: em aumento

A guerra EUA-China: entre espionagem, propaganda, Covid e genomas

O U.S. Cyber Command (“Comando Cibernético dos EUA”) está a preparar-se para retaliar contra alegados ataques cibernéticos russos e/ou chineses. A situação é grave e, como explica o New York Times, isso irá acontecer em várias fases: O primeiro grande passo é esperado nas próximas três semanas, disseram as autoridades,…

Ler mais... A guerra EUA-China: entre espionagem, propaganda, Covid e genomas

Biden: provas técnicas de…?

Com as últimas declarações do Presidente Joe Biden sobre a Crimeia, os Estados Unidos desenterraram o machado de guerra contra a Rússia. ZomBiden declarou que a península foi invadida pela Rússia e que os EUA apoiam o direito da Ucrânia a recuperar a posse da Crimeia. Estas declarações são suficientes…

Ler mais... Biden: provas técnicas de…?

Gastos militares: os mais altos desde 1988

Como a cada ano, o Sipri, Instituto Internacional de Pesquisa para a Paz de Estocolmo, fez as contas: 1822 biliões de Dólares foram gastos no mundo com armamentos, + 2.6% do que em 2017. É a única coisa que cresce mais que a fome e até Países secundários, com menores…

Ler mais... Gastos militares: os mais altos desde 1988

Sri Lanka: o longo braço do Mossad

Há dois dias, em 21 de Abril Domingo de Páscoa, três igrejas e cinco hotéis no Sri Lanka foram o palco de explosões provocadas por bombistas suicidas. A seguir, explosões menores ocorreram num complexo habitacional e num motel, matando principalmente policiais que estavam a investigar. Cerca de 300 pessoas morreram,…

Ler mais... Sri Lanka: o longo braço do Mossad

Breve história do jornalismo de guerra

Foi em 1853 que o facto ocorreu, na Crimeia. Pela primeira vez, um observador, uma espécie de testemunha neutra, foi chamado para falar sobre a guerra. Não um cantor ao serviço do príncipe, não um general de letras ou um lutador literato, mas um jornalista. Aconteceu quando a Rainha Vitória…

Ler mais... Breve história do jornalismo de guerra
%d bloggers like this: