O fascinante, instrutivo, maravilhoso e perverso mundo dos cabos submarinos – Parte XII

Internet não existe: não há nenhum sito físico chamado “Informação Incorrecta”, não há nenhuma “nuvem” no ar com os nossos dados e aquela que o navegador apresenta é apenas uma sequência de dígitos, 0 e 1, ordenados de forma a proporcionar um sentido aos olhos do usuário. Um ambiente pós-físico…

Ler mais... O fascinante, instrutivo, maravilhoso e perverso mundo dos cabos submarinos – Parte XII

Digital divide

O nome é digital divide e significa “barreira digital”. É uma linha divisória ideal entre as pessoas que acedem regularmente à informação na internet (a informação digital) e as que não o fazem. Uma rápida vista de olho nas páginas de Wikipedia permite perceber como aí o fenómeno seja apresentado…

Ler mais... Digital divide

UE: análise automatizada contínua das comunicações privadas

Despachados os assuntos familiares, Informação Incorrecta volta ao normal com a União Europeia, sempre pródiga em fornecer novo material. Na reunião dos Ministros do Interior da UE em Brdo, na Eslovénia, os representantes dos governos pronunciaram-se a favor de um rastreio obrigatório das nossas comunicações privadas. Motivação: pedofilia. Na declaração…

Ler mais... UE: análise automatizada contínua das comunicações privadas

Tempos perigosos

Vivemos em tempos perigosos, especialmente porque muitas pessoas nem sequer se apercebem disso. Escrevi no Facebook durante dez anos. Ninguém me obrigou, nunca ninguém me pagou para o fazer. Achei-o agradável e divertido. Depois também útil, por vezes até importante. Sempre houve regras, limites, por vezes bastante hipócritas, aborrecidas ou…

Ler mais... Tempos perigosos

Criptomoedas: do caso de El Salvador aos perigos para todos

Na passada Terça-feira, El Salvador tornou-se o primeiro País do mundo a aceitar o Bitcoin como uma moeda com valor legal. Genial. O projecto, aprovado pelo Parlamento local em Junho passado, tinha sido anunciado com grande entusiasmo pelo Presidente Nayib Bukele mas desde o primeiro dia algo começou a correr…

Ler mais... Criptomoedas: do caso de El Salvador aos perigos para todos

Como saber se a nossa conta foi hackerada

Há alguns dias, o website Cybernews relatou ter encontrado na rede um número impressionante de dados pessoais relacionados com milhares de milhões de contas. Esta enorme base de dados é constituída por um ficheiro em formato TXT, pesado 100GB, com os dados pessoais de 8.459.060.239 contas. Isso é mais do…

Ler mais... Como saber se a nossa conta foi hackerada

Moedas digitais: 100% seguras? Nem por isso…

Como será o dinheiro do futuro? Será digital, óbvio. Com mais de 80% dos Bancos Centrais mundiais a estudar as moedas criptográficas, pesquisando, desenvolvendo, criando e mesmo implementando dinheiro digital do Banco Central (em inglês: central bank digital currency, CBDC), estamos a aproximar-nos dum ponto de viragem, uma guerra das…

Ler mais... Moedas digitais: 100% seguras? Nem por isso…

O actual modelo digital não é sustentável

O mundo digital: podemos fazer duas contas? Esqueçam o dióxido de carbono, bom para gretinos e acólitos. Falamos aqui de energia, recursos, desperdício, reciclagem, poluição. Porque o mundo digital não é sustentável: um mundo digital como tem sido encarado e oferecido até hoje nunca poderá ser o futuro. O sociólogo…

Ler mais... O actual modelo digital não é sustentável

Dados, fontes, credibilidade? E a Ponerologia? (update: com erro corrigido!)

No anterior artigo, dedicado aos dados da EMA e subsequente discussão, George assim comenta: É divertido e mesmo curioso observar a disputa para credenciar fontes de informação. Quem vocês pensam que determinam as informações difundidas pelo mundo? Sejam elas “científicas”, políticas, economicas, educacionais,etc, as comunidades editoriais (propagandisticas) tratam de formata-las…

Ler mais... Dados, fontes, credibilidade? E a Ponerologia? (update: com erro corrigido!)

Está a chegar uma nova Wikipeida

Honestamente: Wikipedia é uma vergonha. Pode calhar bem para saber qual a fórmula química do ácido ascórbico, mas quando o discurso pega um caminho até vagamente político os resultados são embaraçoso. Até um dos fundadores da enciclopédia “livre” está ciente disso e decidiu escolher outra estrada. Larry Sanger está a…

Ler mais... Está a chegar uma nova Wikipeida
%d bloggers like this: