Informação Incorrecta tem SSL! Mas não é grave, depois passa.

Aviso: desde às 23:59 de hoje, dia 10 de Dezembro de 2020 d.C. (“depois do Covid”), Informação Incorrecta passará a utilizar uma ligação SSL (Secure Sockets Layer). O Minha Nossa, o que é isso? E porque mudar, estava-se tão bem antes?!?

Vamos recorrer à eterna Wikipédia: o SSL é um protocolo de segurança projectado para fornecer segurança nas comunicações sobre uma rede de computadores. Várias versões do protocolo encontram amplo uso em aplicativos como navegação na web, email, mensagens instantâneas e voz sobre IP (VoIP). Os sites podem usar o SSL para proteger todas as comunicações entre os seus servidores e navegadores web.

O protocolo SSL visa principalmente fornecer privacidade e integridade de dados entre dois ou mais aplicativos de computador que comunicam. Quando protegidas por SSL, as conexões entre um cliente (por exemplo, um navegador da Web) e um servidor (por exemplo, um blogue ou site) oferecem uma ou mais das seguintes propriedades:

  • A conexão é privada (ou segura) porque a criptografia é usada para criptografar os dados transmitidos. As chaves para essa criptografia são geradas exclusivamente para cada conexão e são baseadas num segredo compartilhado negociado no início da sessão (com uma coisa automática chamada de Handshake SSL). O servidor e o cliente negociam os detalhes de qual algoritmo de criptografia e quais chaves criptográficas a serem usadas antes que o primeiro byte de dados seja transmitido. A negociação de um segredo compartilhado é segura (o segredo negociado não está disponível para bisbilhoteiros e não pode ser obtido, mesmo por um invasor que se coloque no meio da conexão) e confiável (nenhum invasor pode modificar as comunicações durante a negociação sem ser detectado).
  • A identidade das partes em comunicação pode ser autenticada usando criptografia de chave pública. Essa autenticação pode ser opcional, mas geralmente é necessária para pelo menos uma das partes (geralmente o servidor).
  • A conexão é confiável porque cada mensagem transmitida inclui uma verificação de integridade de mensagem usando um código de autenticação de mensagem para evitar perda não detectada ou alteração dos dados durante a transmissão.

Resumindo: as comunicações via SSL (com os endereços que começam por https e não apenas http) parecem aumentar a segurança das ligações e, segundo as últimas informações, protegem do Coronavirus também. Pelo que chegou a altura de Informação Incorrecta adoptar esta espantosa tecnologia.

O que muda na óptica do Leitor? Nada, o protocolo SSL é como as vacinas anti-Covid: 100% seguro. No entanto, se algo acontecer, façam o favor de avisar via e-mail, ok? A única novidade deverá será o aparecimento na barra do endereço de “https://informacao…” em lugar do velho “http://informaçao…”.

Última sugestão, já que estamos a falar do assunto SSL.

Para quem utiliza o navegador Firefox (parabéns, óptima escolha): instalem a extensão HTTPS Everywhere para navegar sempre na internet, pois simplifica a detecção e a utilização de páginas com o protocolo SSL. A extensão faz tudo sozinha, é só instala-la e depois esquece-la.

Utilizam Google Chrome? Ahiahiahiahiahiahi… mas tudo bem, dado que gostam de sofrer. Podem instalar a extensão no repositório do browser, a partir do Chrome Web Store. Mesma coisa no caso de OperaEdge, enquanto já está incluído no Tor e no Brave (interessante este último navegador, se só houvesse uma versão portátil oficial e não vendesse os dados de quem o utiliza… na prática: se fosse outra coisa).

Informação Incorrecta passa ao SSL, não é fantástico? Não muito em boa verdade. Paciência.

 

Ipse informático!

17 Replies to “Informação Incorrecta tem SSL! Mas não é grave, depois passa.”

  1. Olá Max.

    Desculpe-me pela intromissão, mas aproveitando que não há um assunto específico nesse post e também para fugir um pouco do assunto Covid. O que vc e nossos amigos pensam sobre este assunto? :

    https://www.cnnbrasil.com.br/tecnologia/2020/12/08/ex-chefe-de-seguranca-espacial-de-israel-afirma-que-alienigenas-existem

    Pesquisei sobre a noticia e constatei que ela saiu em diferentes portais da internet do brasil e do mundo. Então , só posso chegar a conclusão de que a pessoa citada, realmente falou isso.

    Aliás, não é a primeira vez que alguém faz uma afirmação semelhante.

    Então , o que vcs acham ? O Sr. Haim Eshed está falando a verdade ?

    Ou ele se impressionou ao assistir a maratona de episódios dos “Alienígenas do Passado” no History Channel ?

    PS:
    “Giorgio Tsoukalos , os aliens existem?”
    “Os teóricos dos antigos astronautas dizem que sim”

    1. Olá Sérgio, seria muita presunção acreditar que apenas existe vida neste planeta e mais ainda classificar isto como vida “inteligente” , o homem mais credível até hoje a falar sobre esse assunto é o ex-ministro da defesa do Canada Paul Hellyer, mas existem vários, o próprio Bob Lazar apesar de desmentido pelo governo dos EUA passou a vida inteira a narrar a mesma história sem se desviar um milímetro, Analisando pelo angulo inverso é extremamente improvável que ele esteja a mentir . A principal questão será: ” Porque não falam connosco ? ” Considero que talvez pela mesma razão pela qual nós não falamos com formigas.
      As historias de extraterrestres contadas no canal de historia e outros obedecem a um guião indelével que se resumem a uma combinação de: explicar uma teoria credível com um misto de entretenimento risível ( a começar pelo penteado do apresentador) nada em televisão é por acaso …e cujo resultado parece ser: plantar a semente no cérebro de quem vê, mas não a deixar germinar …
      Por isto … cuidado! O tema de uma civilização extraterrestre avançada é por si só demasiado poderoso para a mente humana a ponto de poder ser aproveitado por humanos sem escrúpulos e não seria difícil considerando que é expectável que a tecnologia existente esteja 40 anos á frente da tecnologia conhecida . Se sem tecnologia muitos se querem fazer passar por enviados de Deus e com algum sucesso … imagina com toda essa tecnologia.
      O tema é interessante, mas antes desse tema existe outro, não menos interessante , que é o facto de civilizações muito avançadas terem existido neste planeta …e o “establishment” nega, esconde, ridiculariza … paralelamente a isto a nossa espécie tem todos os indícios de se comportar neste ecossistema como uma espécie invasora parasitaria, ou seja, os principais extraterrestres aqui parecemos ser nós… . Perante tudo isto, o que pode existir de palpável ? Apenas isto : Desconfiar sempre! Trust nobody, fear nothing !

      1. Olá P. Lopes

        Certo meu amigo, como diria Carl Sagan: ” Se não existe vida fora da Terra, então o universo é um grande desperdício de espaço”.

        Também acho bastante plausível a ideia de que outros seres já viveram na Terra e que ainda somos visitados e/ou estudados por eles e que as chamadas autoridades, sabem disso e escondem essas informações.

        Quanto a uma parceria aliens-terráqueos, nem tanto. Acho que vc já percebeu que sou meio cético com relação a essas teorias conspiratórias.

        Assisto também a série “Alienígenas do Passado” , tem episódios muito intrigantes como o que trata dos agroglifos ( circulos ingleses ) onde o próprio Giorgio Tsoukalos, afirmou numa entrevista, que acreditava que todos fossem de origem humana, mas ao verificar in loco, percebeu que alguns apresentavam uma aumento significativa no espaçamento dos nós dos caules do trigo, impossível de serem feitos simplesmente dobrando-os ou amassando-os.
        No entanto , as vezes , o programa extrapola um pouco, ao associar o fenômeno Ufo a lenda do Pé Grande ou sugerir que o cientista Nikola Tesla , teria “ligação direta” com os aliens.

        Outro programa que assisto é o do Lue Elizondo ( Ovni- investigação secreta , também do History ) ,esse com uma abordagem mais séria , incluindo até entrevistas com pessoas que se mostram céticas ao assunto.

        As forças armadas norte americana, nos últimos anos, tem revelado vídeos em que confessam não ter explicação para os avistamentos. Alguns acham que estão preparando a população, aos poucos, para fazer uma revelação , antes que seja inevitável manter o acobertamento. Quem sabe?

        Como diria Fox Mulder: “A verdade está lá fora”

        Abraço, bom final de semana.

  2. Olá pessoal: em primeiro, acredito porque acredito que exista vida inteligente além da terra.
    Seria pretensioso demais achar que eu sou a coisa mais linda do universo. Impossível
    Também sou levada a crer no sequestro de algumas destas vidas inteligentes para estudá-las na área 51, nos confins da Sibéria, ou seja lá onde for. Também sou testemunha do jeito “amigável” que os terrenos, aqueles que juram ser inteligentes, proporcionam aos terrenos diferentes. Como eu vivo na Terra, sei que todo ser vivente diferente, é um objeto a ser destroçado pelos “inteligentes” terrenos.
    Logo as naves que tenham pousado ou caído aqui, com navegadores não terrenos, devem ter se arrependido mil vezes de aproximar-se de humanos.
    Não creio ( é é fé mesmo, porque nada sei a respeito), mas dado o conhecimento que tenho dos humanos que é muito difícil qualquer tentativa de partilha, entendimento ou assemelhados. Os humanos, volto a dizer, tratam o diferente como objeto, não como sujeito, porque seria muito difícil aceitar que há coisa melhor no universo do que nós. Devemos ser a escória deste universo.
    E os extra terrestres devem saber disso muito bem. Daí que por toda a história humana, navegadores “diferentes” vem cruzando a atmosfera para efeito de observação, mas cair aqui, só por acidente.

  3. «…Para quem utiliza o navegador Firefox (parabéns, óptima escolha): instalem a extensão HTTPS Everywhere…»

    Em conjunto com a extensão HTTPS Everywhere sugiro que instalem também o AdGuard.

    AdGuard é um potente bloqueador de publicidade e uma ferramenta de protecção tanto da privacidade do usuário como contra diversas ameaças presentes na Internet, sendo na minha opinião o melhor no desempenho da sua função.

    Instalem e explorem as suas opções e a imensa quantidade de filtros que a extensão possui.

    Destaque para o «Modo Stealth» (navegação privada).

    P.S.: Com estas duas extensões não necessitam de mais nada no navegador Firefox; não se ponham a encher aquilo de extensões.

    1. Cuidado com os dogmas, se existe um lugar onde o “suficiente” é deveras enganador é o mundo online.
      Para obter uma verdadeira privacidade no Firefox, o já acima descrito é pouco e será conveniente não usar a ultima versão, mas sim uma mais antiga e do tipo ESR (sugiro a 68.9 ESR).
      Sugiro uma consulta séria ao seguinte site… *ttps://www.privacytools.io/

        1. Não, é exatamente o oposto, as versões ESR são as mais estáveis.
          São as recomendadas para uso empresarial e têm suporte mais longo.
          Infelizmente, nos ultimos anos a Mozilla passou a receber bastante financiamento por parte da google e as ultimas versões (7x,8x), vêm cheias de porcaria, que lhes permite gravar e vender dados, daí a cada vez maior importância em customizar o Firefox, conforme recomendado nos site que referi.
          Extensões obrigatórias, para lá das referidas: decentraleyes, css exfill.
          Considerar tb o privacy badger e como alternativa ao adguard o miuorigin.
          Aproveito e refiro para o telélé, o Firefox Focus, o Bromite e o Duckduckgo.

    2. Pois: Firefox tem muitas extensões interessantes mas cada extensão acrescenta peso. E já tanto Firefox quanto Chrome não são nada leves…

      Mas não conheço AdGuard. Vou espreitar, obrigado!

      1. «…Firefox tem muitas extensões interessantes mas cada extensão acrescenta peso…»

        No Linux Mint (que já foi uma «distro» de qualidade) o Firefox fica pesadíssimo e lento com as extensões AdGuard e HTTPS Everywhere, por tanto o melhor é chutar para canto o Linux Mint.

        No Zorin que é uma «distro» leve, rápida e funcional, o Firefox corre muito bem com as extensões AdGuard, HTTPS Everywhere, e a VPN também da AdGuard.

  4. Quanto ao uso já por aqui referido da app whatsapp!
    É na boa? Claro, desde que não se queira privacidade. Afinal, pertence ao grupo Facebook, sabiam?
    Mas é ou não encriptado? É, mas fica tudo gravado nos servidores da corporação. Quando necessário…
    Ora então, fica aqui mais uma sugestão… usar a app SIGNAL.
    E, assim ão contribuindo também para largar o “apoio” a produtos e serviços dos “grandes censores”:
    Google(Alphabet); Amazon; Facebook; (os maiores entre outros);

    P.S. Já agora, já largarem o gmail, não já?

    1. Olha, o Gmail ficou como uma conta “de serviço”: para as mensagens privadas utilizo ProtonMail, que é um pouco melhor em termos de privacidade.

      Signal: já tinha visto porque tento sempre utilizar a via do open source (a propósito: alguém conhece um serviço tipo ProtonMail mas open source?). E agora fiquei com uma ideia: dado que alguém sugeriu-me instalar aqui em Informação Incorrecta o Telegram, será que poderia pôr o Signal? Vou já ver.

      Obrigado pela dica 🙂

      1. Para além do ProtonMail que até agora tem sido um bom serviço de correio electrónico, existe o Tutanota.

        O Signal é uma aplicação de troca de mensagens e afins recomendada por Edward Snowden, no entanto recentemente a união europeia (ue) veio a recomendar o seu uso, o que faz com que uma pessoa fique de pé atrás.

        Já o Telegram é, segundo o que está escrito pela Internet em páginas da especialidade, o melhor aplicativo de troca de mensagens em todos os aspectos, inclusive muitas publicações «online» utilizam-no para atingir uma audiência mais vasta.

        1. Meu caro JF lamento mas o telegram e o signal em Portugal são dos menos seguros desde que os policias criaram o “movimento zero” e escolheram essas plataformas para se comunicar e o governo catálogou esse movimento como uma ameaça a segurança interna … estás a ver o filme ?
          Só um aparte, se um movimento de policias que exige um subsídio de risco é catalogado como uma ameaça a segurança nacional isso só prova que Portugal é talvez o pais mais seguro do mundo ou o que tem os governantes mais parvos …
          Queres te comunicar com alguém em segurança ? Escreve lhe uma carta e coloca um selo dos correios , todas as entidades que controlam as comunicações dos cidadãos migraram a muito para o digital …

      2. O Signal continua a ser considerado o programa de mensagens/contatos mais seguro e privado no mercado. O Telegram está um patamar abaixo e mais abaixo estará o whatsapp. O Telegram cedeu na possibilidade de permitir uma backdoor, embora com acesso condicionado a uma ordem judicial… o Signal não e tanto quanto sei, é o único a manter-se de pedra e cal, contra ventos e marés… por alguma razão foi, não sei se ainda permanece, o favorito do Snowden.

Obrigado por participar na discussão!

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

%d bloggers like this: