Poucos carros? O Minnesota fecha

Novidades? Não, apenas alguns dados que confirmam o que já é conhecido: a grave crise está de volta. Por enquanto nos Estados Unidos, logo veremos.

No seguinte gráfico, os dados das vendas dos automóveis ligeiros até o passado Maio.

O Leitor que não tem nada de mais interessante para fazer, pode confrontar esta “curva” descendente com as publicadas no passado 6 de Junho (O importante é não ler os dados): eh sim, a descida continua.
Índice de confiança dos consumidores, ECRI, CESI e agora vendas de carros, todos em descida.

Interessante é comparar depois os dados das vendas com o relatório da General Motors:

Crise? Qual crise? Fartam-se de vender automóveis.
Mas há um pequeno pormenor. O que o gráfico da GM não explica é que na coluna dos carros vendidos aparecem também os veículos matriculados mas não vendidos.

É um truque que as casas automobilísticas conhecem muito bem: os vendedores das marcas ganham bónus a segunda do número de carros matriculados, pois supõe-se que um carro matriculado seja um carro vendido.
Para fazer subir os números das “vendas”, os concessionários matriculam automóveis que depois são vendidos como “km zero”.

Claro, o vendedor perde alguma coisa, pois um carro “km zero” terá um preço ligeiramente inferior ao equivalente ainda não matriculado. Mas a diferença é compensada pelo maior bónus recebido…

Minnesota out of order

Entretanto, o Estado do Minnesota acabou de suspender temporariamente 32.000 trabalhadores.

Suspender sem vencimento, claro.

Republicanos e Democratas não conseguiram encontrar um acordo acerca do Orçamento de Estado, por isso os serviços ficam paralisados.

Apenas algumas actividades consideradas como essenciais não serão interrompidas.

O Governador, Mark Dayton, comunicou na passada Sexta-feira que parques, zoo e áreas públicas perderão os financiamentos, enquanto serviços sanitários e de segurança continuarão a funcionar, tal como as universidades estatais.

Dayton gostaria de subir os impostos e reduzir os serviços, enquanto os Republicanos não querem ouvir falar de taxas.

E o Minnesota fecha.

Fontes: Rischo Calcolato, Calculated Risk

3 Replies to “Poucos carros? O Minnesota fecha”

  1. Oras Max! tu e tuas manias de ser do contra… estás farto de saber que estes graficos não correspondem a realidade, é só ir na vendinha da esquina e ver que os preços continuam os mesmos, e tu com estas histórias de crises… deveria te mandar prender por tirar noites e mais noites de sono de pessoas fáceis de persuadir!

  2. ei max , da uma olha nesse video faladndo sobre a economia americana, tem coisa aeh que naum batem muito bem com q vc diz as vez … , mais mesmo assim parabens pelo execenlente blog =)

Deixar uma resposta

%d bloggers like this: