7 Replies to “Portugal (1143 – 2011)”

  1. Olá Anónimo.

    Portugal acabou de pedir a ajuda internacional.

    Tal como os casos não resolvidos da Grécia e da Irlanda.

    Um novo País sob o controle directo do Fundo Monetário Internacional e do Banco Central Europeu.

    De facto, hoje Portugal acabou definitivamente com a própria independência económica.

    Pode existir real soberania sem independência económica?

    Abraço.

  2. "Pode existir real soberania sem independência económica?"

    E você ainda pergunta, para esse anônimo ALIENADO??? Nem isso o cara sabe… É daqui do Brasil, os meus mais sinceros pêsames a vocês lusitanos.

    PS: Que dia será a missa de 7º dia? KKKKKKKKK.

  3. Toc toc, c'è posto anche per noi? Occupiamo poco spazio perchè siamo ridotti all'osso! L'unica speranza per noi PIIGS è uscire al più presto dalla UE.
    No ai banchieri privati!
    Si alla sovranità monetaria!

  4. Descansa em Paz Portugal…

    Eu e mais uns 11 milhões vamos trabalhar para te cavar o buraco.

    Max, essa imagem não vale 1000 palavras, vale apenas 2: Estamos Fod!£@$

    🙁

    Cumprimentos,
    — —
    R. Saraiva

Obrigado por participar na discussão!

%d bloggers like this: