Rock the Casbah in Hebron

Sempre prontos a criticar o exercito israelita?

Quando for o caso. Mas não hoje.

Observem este vídeo. E lembrem: estes são soldados de verdade, numa real zona de guerra.

O Exército de Israel admite punir os seis soldados da unidade Najal por terem este vídeo onde aparecem a dançar ao som das notas de Tick Tock, de Kesha, numa rua da cidade de Hebron, na Cisjordânia. 

O vídeo suscitou muitas críticas entre palestinianos e israelitas. 

O general na reserva Yaacov Amidror disse que os soldados “têm apenas 20 anos de idade e não fizeram mal a ninguém“, mas admite que “erraram e, por isso, devem ser castigados”. 
O vídeo original, entretanto retirado do Youtube, tinha como título “Batallion 50 Rock the Hebron Casbah”.

Não sabemos quais eram as intenções dos soldados: uma simples brincadeira, ganhar o centro das atenções, desrespeito, desejo de “evadir” ou que mais.
Mas uma coisa é certa: este vídeo acaba por ter uma força invulgar.

Uma punição?
Este vídeo vale mais de mil palavras inúteis acerca das negociações de paz.
Um premio seria muito mais apropriado.

Ipse dixit.

Obrigado por participar na discussão!

%d bloggers like this: