Decifrar Trump

“Uma grande nação não deveria fazer guerras intermináveis”: esta é a passagem mais significativa do Discurso da União de Donald Trump. Trump é assim: alterna coisas inteligentes a emeritos disparates. No caso concreto, estamos perante uma coisa “quase” inteligente (“uma grande nação nunca deveria fazer guerras” seria a versão correcta),…

Ler mais... Decifrar Trump

Provocações

No dia 12 de Janeiro, forças israelitas disparam mísseis contra o aeroporto internacional (civil) de . É o primeiro ataque de contra a Síria em 2019 e é uma descarada provocação contra a Rússia. Companhias aéreas do Bahrein, do Omã e dos Emirados expressaram a intenção de retomar os seus…

Ler mais... Provocações

Os Estados Unidos abandonam os curdos

Cedo ou tarde os curdos vão aprender. Pelo visto demora, mas vão aprender. Pegamos no caso de Trump: quando o jogo fica rijo (isso é: politicamente sério), o Presidente americano vai-se embora. Já não é tempo de disparar mísseis, já não é altura de criar false flags: com a retirada…

Ler mais... Os Estados Unidos abandonam os curdos

A caminho de Helsínquia

Faltam duas semanas para a cúpula planeada com o Presidente russo Putin em Helsínquia, e o líder norte-americano Donald Trump volta a falar da Crimeia a bordo do Air Force One: “Vamos falar sobre a Ucrânia, vamos falar sobre a Síria, vamos falar sobre as eleições”. No centro da agenda,…

Ler mais... A caminho de Helsínquia

O jogo dos Rothschild na Síria

Não há apenas a democracia, as armas nucleares ou os interesses locais de israel na guerra contra a Síria e o Irão. Como sempre, para entender aquelas que são as razões mais profundas (e autênticas) temos que seguir o fluxo do dinheiro. Qual a principal riqueza do Médio Oriente? O…

Ler mais... O jogo dos Rothschild na Síria

Israel ataca Damasco

Israel não esperou muito para lançar o seu ataque após o Presidente Trump ter anunciado a saída dos Estados Unidos do acordo nuclear iraniano. Esta noite, a defesa aérea síria interceptou mísseis lançados pelas forças israelitas contra Damasco, provavelmente disparados por aviões que lançaram mísseis de longa distância. A força…

Ler mais... Israel ataca Damasco

Ataque anti-semita no coração da Europa

O anti-semitismo avança e continua a fazer vítimas nesta Europa cada vez mais populista e fora de controle. O último episódio, diligentemente relatado pelos órgãos de comunicação social, aconteceu na Alemanha, onde um grupo de assassinos atacou dois jovens hebraicos, que agora lutam entre a vida e a morte. Pronta…

Ler mais... Ataque anti-semita no coração da Europa

Após o ataque: as consequências

Berzah depois do ataque Há uma parte da imprensa internacional que fica insatisfeita com o ataque perpetrado contra a Síria. “Mais, mais!” é a palavra de ordem. Que, não por mero acaso, é quanto pede israel, porque a tentativa de Netanyahu de arrastar EUA e a Europa para uma guerra…

Ler mais... Após o ataque: as consequências

Síria: as contas do Pentágono

Nada melhor do que a matemática (que eu sempre odiei). Quantos mísseis foram lançados? Mais duma centena? Muito bem. Segundo o Pentágono, as defesas da Síria não conseguiram acertar numa única destas armas. E mais: o General McKenzie foi muito claro em determinar quais alvos foram centrados, quantos e por…

Ler mais... Síria: as contas do Pentágono

EUA 110 – Síria 71 (resultado final?)

No início da manhã de 14 de Abril, os Estados Unidos, a França e o Reino Unido realizaram um maciço ataque de mísseis contra a Síria, justificando suas ações com o suposto envolvimento do governo de Assad no “ataque químico” de 7 de Abril em Douma. O Ministério da Defesa…

Ler mais... EUA 110 – Síria 71 (resultado final?)
%d bloggers like this: