Os bancos, o óleo, a terra dos outros

De acordo com um relatório apresentado pelo FoE (Friend of Earth Europe), um grupo de bancos têm providenciado mais de 1 bilião de Euros em favor da empresa de agro-negócio Wilmar International, sediada em Singapura, para operações de land grabbing na ilha de Kalangala: mais de 3.600 hectares de floresta…

Ler mais... Os bancos, o óleo, a terra dos outros

As palavras de Berlusconi, a droga do banco

Assim, Silvio Berlusconi volta a candidatar-se para o cargo de primeiro ministro em Italia. Melhor ele ou Mario Goldman Sachs Monti? Pouco importa. O que importa são as declarações de Berlusconi, estas sim interessantes: em alturas como a presente, arriscamos ler grandes verdades que normalmente ficam ao abrigo do “politicamente…

Ler mais... As palavras de Berlusconi, a droga do banco

Bancos simpáticos: HSBC – Parte III

Terceira e última parte dedicada às aventuras do banco HSBC. Mas não apenas dele. O banco inglês não era o único a facilitar a ida dos terroristas. Um relatório de 2009 do Government Accountability Office (GAO, Estados Unidos) realçava como “alguns padrões de desempenho estabelecidos pelo Departamento de Estado estavam…

Ler mais... Bancos simpáticos: HSBC – Parte III

Bancos simpáticos: HSBC – Parte II

Havia sinais de perigo que poderiam ter advertido o banco? Havia, e eram mais do que simples sinais. Em Março de 2002 surgiu a lista dos financiadores da Al-Qaeda, após a apreensão dos computadores da Benevolence International Foundation (BIF) em Sarajevo, uma organização sem fins lucrativos da Arábia Saudita que…

Ler mais... Bancos simpáticos: HSBC – Parte II

Bancos simpáticos: HSBC – Parte I

Verão, tempo de deitar-se num relvado, à noite, para ver as estrelas caírem (longe, possivelmente) e ouvir histórias. Por exemplo: que tal a história do HSBC? Boa ideia. Mas é uma história bonita? Com certeza. Há também o Príncipe Azul? Um? Há muitos deles. Porque o HSBC é nada mais…

Ler mais... Bancos simpáticos: HSBC – Parte I

O caso das Taxas Libor: sempre os mesmos

London Interbank Offered Rate, Libor para os amigos.  E em Tóquio? Tibor. E na Europa? Euribor. E em Hollywood? Zsa Zsa Gabor. Tá bom, esqueçam o último exemplo. Mas os outros são importantes, pois são taxas de referência: indicam o custo dos empréstimos no mercado interbancário. Na prática, quanto custa…

Ler mais... O caso das Taxas Libor: sempre os mesmos

Os bonds, os Suíços, os Ingleses, o plutónio…

Coisas esquisitas acontecem. No Verão de 2009, circulou uma estranha história de dois indivíduos japoneses presos durante uma tentativa de contrabandear 134.000 milhões (134 biliões) de Dólares em Títulos de Estado americanos de Itália para a Suíça. Cedo foi declarado que os Títulos eram falsos e desde então nada mais…

Ler mais... Os bonds, os Suíços, os Ingleses, o plutónio…

Bancos e droga – Parte II

Segunda parte do artigo de Michael Smith. A primeira parte pode ser encontrada aqui. Boa leitura. Smurfs As pessoas que fazem as pequenas trocas de dinheiro são conhecidas como Smurfs. “Eles podem usar um exército de pessoas como Smurfs e passar um milhão de Dólares antes do almoço“, diz Jerry…

Ler mais... Bancos e droga – Parte II

Bancos e droga – Parte I

Pelo menos 21 pessoas morreram e seis ficaram feridas ontem durante um confronto entre supostos narcotraficantes e traficantes de imigrantes ilegais no Estado de Sonora, no norte do México, a 20 quilômetros da fronteira com os Estados Unidos, informaram autoridades. Os Mexicanos estão familiarizados com estes episódios, pois o comercio…

Ler mais... Bancos e droga – Parte I
%d bloggers like this: