A caminho de Helsínquia

Faltam duas semanas para a cúpula planeada com o Presidente russo Putin em Helsínquia, e o líder norte-americano Donald Trump volta a falar da Crimeia a bordo do Air Force One: “Vamos falar sobre a Ucrânia, vamos falar sobre a Síria, vamos falar sobre as eleições”. No centro da agenda,…

Ler mais... A caminho de Helsínquia

Paul Craig Roberts: a dissonância cognitiva ocidental

Neste editorial publicado há poucos dias no seu site, Paul Craig Roberts utiliza três das principais notícias de actualidade para ilustrar a dissonância cognitiva que impera nas mentes ocidentais. Vamos começar com a questão da separação das famílias. A separação dos filhos de pais de imigrantes ou refugiados ou requerentes…

Ler mais... Paul Craig Roberts: a dissonância cognitiva ocidental

Os Nazis da Ucrânia e o dinheiro dos europeus

Um bilhão de Euros: é esta a quantia de dinheiro que o Parlamento Europeu decidiu enviar para a Ucrânia. Com nove meses de atraso, pois o montante era esperado em Dezembro passado, mas afinal será pago: 527 deputados, contra 124 contrários e 29 abstenções, votaram o envio da ajuda para…

Ler mais... Os Nazis da Ucrânia e o dinheiro dos europeus

Donbass: ofensiva iminente?

A Marinha Militar ucraniana anunciou o encerramento das zonas marítimas no Mar de Azov, zonas leste e oeste de Mariupol, tendo em vista operações militares com “lançamento de mísseis anti-aéreos e de artilharia”. A frente do Donetsk voltou a estar quente: o violento bombardeio na área separatista de Gorlovska na…

Ler mais... Donbass: ofensiva iminente?

O Isis no Afeganistão

A notícia circula na internet há alguns dias: os Estados Unidos estão a transferir o Isis para a Ásia Central. Os terroristas viajam por mar até o Paquistão, depois para o norte até a fronteira do Afeganistão, atravessando a seguir a zona com o maior controle americano. O objectivo é…

Ler mais... O Isis no Afeganistão

Suécia: em caso de crise ou de guerra…

O governo sueco começou a enviar uma brochura a todas as 4.8 milhões de famílias do País para informar a população, pela primeira vez em mais de meio século, sobre o que fazer em caso de guerra. Om krisen eller kriget kommer (“Se chegar a crise ou a guerra”) é…

Ler mais... Suécia: em caso de crise ou de guerra…

As derrotas de Donald Trump

Como é possível avaliar as decisões do Presidente Trump no âmbito dos relacionamentos internacionais? Nestas últimas horas é ainda forte a emoção por causa do massacre de quase 60 pessoas por parte do exército israeliano: as vítimas estavam empenhadas em manifestações contra a recente decisão da Administração americana de reconhecer…

Ler mais... As derrotas de Donald Trump

Israel ataca Damasco

Israel não esperou muito para lançar o seu ataque após o Presidente Trump ter anunciado a saída dos Estados Unidos do acordo nuclear iraniano. Esta noite, a defesa aérea síria interceptou mísseis lançados pelas forças israelitas contra Damasco, provavelmente disparados por aviões que lançaram mísseis de longa distância. A força…

Ler mais... Israel ataca Damasco

2017: as bombas dos Estados Unidos

Apesar de não serem oficialmente empenhados em nenhuma guerra, em 2017 os Estados Unidos bombardearam sete Países. Eis o quadro dos ataques: Na Síria e no Iraque, juntamente com os aliados (incluindo a França) lançaram 39.577 bombas, ou seja, + 30% quando comparado com o ano anterior (em 2016 tinham…

Ler mais... 2017: as bombas dos Estados Unidos

Após o ataque: as consequências

Berzah depois do ataque Há uma parte da imprensa internacional que fica insatisfeita com o ataque perpetrado contra a Síria. “Mais, mais!” é a palavra de ordem. Que, não por mero acaso, é quanto pede israel, porque a tentativa de Netanyahu de arrastar EUA e a Europa para uma guerra…

Ler mais... Após o ataque: as consequências
%d bloggers like this: