Os estabelecimentos que se recusam a fechar: Io Apro

Mais de 60 mil restaurantes italianos a partir de hoje vão permanecer abertos à noite, em violação do decreto governamental recentemente aprovado. O movimento IO APRO (“eu abro”) tem crescido exponencialmente durante os últimos dias e, obviamente, os meios de comunicação social está a tentar colar-lhe o rótulo: “inconscientes”, “negacionistas”,…

Ler mais... Os estabelecimentos que se recusam a fechar: Io Apro

Portugal volta ao recolher obrigatório

Muito bem. Nenhuma surpresa: Portugal volta ao lockdown a partir da horas 00:00 de Sexta-feira dia 15 e a medida irá vigorar oficialmente ao longo dos próximos quinze dias, na prática um mês. Outros Países europeus avaliam soluções similares enquanto alguns já as adoptaram (Holanda, Ucrânia, Japão…). Um par de…

Ler mais... Portugal volta ao recolher obrigatório

Deutsche Bank e o “desonesto debate” sobre o Green Deal

Sobre o projecto Europeu Green Deal, adoptado pela União Europeia liderada pela Von der Leyen e que impõe “neutralidade climática até 2050” (zero emissões de CO2), o “debate não é honesto” . Esconde uma enorme crise que traria “uma significativa perda de bem-estar e de postos de trabalho”. E, finalmente,…

Ler mais... Deutsche Bank e o “desonesto debate” sobre o Green Deal

Os problemas do teletrabalho e a redução da carga horária

A Primeira Ministra da Nova Zelândia, Jacinda Ardern, pronunciou-se a favor da redução da semana de trabalho e pediu aos empregadores que considerassem esta possibilidade. “Ouvi muita gente sugerir que devíamos ter uma semana de trabalho de quatro dias”, explicou durante uma emissão no Facebook. “Em última análise, isto é…

Ler mais... Os problemas do teletrabalho e a redução da carga horária

A greve como chantagem

A greve dos trabalhadores é um direito reconhecido nas Constituições dos Países mais avançados. Em Portugal, os motoristas transportadores de mercadorias estão em luta para obter condições de trabalho mais justas e melhores tratamentos salarial. Aquela de Agosto será a segunda greve dos auto-transportadores este ano: a primeira teve lugar…

Ler mais... A greve como chantagem

O futuro? Não é previsível.

…e assim, uma vez voltado Max de Italia, eis que o blog ganha vida outra vez. Mas o que encontrou Max ao longo da viagem? Mas interessa? A mim sim. Na ordem: Portugal, Espanha, França e Italia. Não seria mais cómodo de avião? Seria, mais cómodo, mais rápido e mais…

Ler mais... O futuro? Não é previsível.

Utopia para Realistas

Dinheiro grátis para todos e muito mais tempo livre. Um sonho? Não, uma necessidade. Porque garantir a todos os cidadãos um rendimento básico compensa: reduz o crime, a mortalidade infantil, o abandono escolar, promove o crescimento e a igualdade. E reduzir a semana de trabalho até 15 horas aumenta a…

Ler mais... Utopia para Realistas

Noctúria e cronofagia

Pode acontecer com todos. À noite, de repente, acordamos e corremos para a casa de banho. Para muitas pessoas, no entanto, isso torna-se um hábito: todas as noites têm que levantar-se de uma a três vezes para fazer xixi. Simplesmente não podem segurá-lo até a manhã: chama-se “noctúria”. Alguns estados…

Ler mais... Noctúria e cronofagia

A Esquerda: contra os trabalhadores e contra o ambiente

Para Paolo Barnard Hoje o bom Max estava a conduzir no seu carrinho quando de repente aparece um cartaz. Não na frente do carro, um pouco à direita, na berma. Mas deu para ler. Rezava o anúncio: “Horário de trabalho mais justo!”. Nem sei se era do Bloco de Esquerda…

Ler mais... A Esquerda: contra os trabalhadores e contra o ambiente

Os riders na gig economy que avança

É impossível não nota-los. São muitos, montam raramente bicicletas, quase sempre scooters. As cores variam, mas são sempre as mesmas: rosa, amarelo, verde-azul. Tropas diferentes para competir no mercado das entregas. São os riders, os estafetas, na época dos algoritmos. Já fazem parte do tecido urbano das cidades médias e…

Ler mais... Os riders na gig economy que avança
%d bloggers like this: