O Testamento de Informação Incorrecta – Parte V

E chegamos assim à última parte do Testamento. Vimos nos artigos anteriores as ideias que foram utilizadas para construir, ao longo de décadas, a estrutura da nossa actual sociedade. Obviamente seria possível continuar na descrição dos acontecimentos em ordem cronológica, mas o objectivo deste artigo não é ré-visitar a história…

Ler mais... O Testamento de Informação Incorrecta – Parte V

O Testamento de Informação Incorrecta – Parte IV

Com a ajuda das ideias publicadas nos anteriores artigos, o Verdadeiro Poder lançou o seu ataque, algo que estava em preparação há muito. Tanto para ter uma noção: o Leitor sabe quando o Euro e o Banco Central Europeu (BCE) foram concebidos? Ambos foram planeados pelo economista francês François Perroux…

Ler mais... O Testamento de Informação Incorrecta – Parte IV

O Testamento de Informação Incorrecta – Parte III

Os Estados Unidos apresentavam um único governo com uma autoridade económica central, enquanto a Europa era um conglomerado de diferentes povos e culturas, com governos muitas vezes em conflito uns com os outros. O processo de ocupação da América política através das ideias antes mencionadas aconteceu sobretudo por meio dum…

Ler mais... O Testamento de Informação Incorrecta – Parte III

O Testamento de Informação Incorrecta – Parte II

Existe alguma coisa no mundo que possa opor-se às leis de Estados soberanos, democraticamente legitimados pelos seus cidadãos e nos quais a classe política faça de verdade o trabalho dela? Não, nada existe, nem mesmo a elite privada mais poderosa poderia fazer algo. Só uma guerra pode abalar o sistema,…

Ler mais... O Testamento de Informação Incorrecta – Parte II

O Testamento de Informação Incorrecta – Parte I

Eu, Max, nacionalidade italiana, profissão blogueiro, residente em Portugal,  estando em quase perfeito juízo e parcial gozo das minhas já escassas faculdades intelectuais, na presença de uma (1) testemunhas a seguir qualificadas: Leonardo, nacionalidade portuguesa, profissão cão, residente em Portugal. Livre de qualquer induzimento ou coacção, resolvo lavrar o presente…

Ler mais... O Testamento de Informação Incorrecta – Parte I

Distracção das massas: as raízes – Parte II

Antes de analisar como as técnicas de desinformação podem destruir a realidade, é necessário estabelecer qual seja a realidade, o melhor: o que é a realidade. Ludwig Wittgenstein, um neopositivista lógico hebraico, afirmava que “o mundo é tudo o que acontece”. Uma definição correcta em termos absolutos, mas redutora porque…

Ler mais... Distracção das massas: as raízes – Parte II

Distracção das massas: as raízes – Parte I

O papel que a artilharia desempenha na preparação do ataque de infantaria no futuro será desenvolvido pela propaganda revolucionária. É uma questão de quebrar psicologicamente o inimigo antes que as tropas comecem a agir. Adolf Hitler No momento histórico em que vivemos, a frase escrita por Adolf Hitler em Mein…

Ler mais... Distracção das massas: as raízes – Parte I

As bases do milagre chinês: o que não é explicado e porquê.

Siga-me s.f.f., pois este é um artigo importante, mais importante do que poderia parecer. Mais importante porque a questão central não é a MMT (Modern Money Theory: é disso que aparentemente vamos falar) mas algo ainda mais abrangente: é uma espécie de “resumo total” acerca da questão do dinheiro e…

Ler mais... As bases do milagre chinês: o que não é explicado e porquê.

Ucrânia: o vento muda?

Em primeiro lugar, uma sugestão: não apanhem a gripe. Sério, não tem jeito nenhum, é mesmo estúpido. Simplesmente recusem, digam “Não estou interessado”, “Lamento, sou ateu” ou algo do género. Porque depois, uma vez apanhada, é preciso ficar no sofá, com um cão que de vez em quando passa para…

Ler mais... Ucrânia: o vento muda?

Vida e morte do Petrodólar

Diz Wikipedia, que tudo sabe: Petrodólares são as divisas (em geral, dólares) originárias da exportação de petróleo. E, meus senhores, desta vez Wikipedia acertou. Em 1973, com a crise do petróleo e a súbita elevação do seu valor, os países exportadores desse produto receberam um crescente fluxo de divisas. Dadas…

Ler mais... Vida e morte do Petrodólar
%d bloggers like this: