Yemen: a maldição do Qat

O Yemen não é apenas devastado pela guerra e pela fome: há algo mais, uma droga que atira milhões de pessoas para um vício que mata. O seu nome é Qat (ou Khat) e é uma planta nativa das regiões orientais da África, como Etiópia e Somália, mas também difundida…

Ler mais... Yemen: a maldição do Qat

Gastos militares: os mais altos desde 1988

Como a cada ano, o Sipri, Instituto Internacional de Pesquisa para a Paz de Estocolmo, fez as contas: 1822 biliões de Dólares foram gastos no mundo com armamentos, + 2.6% do que em 2017. É a única coisa que cresce mais que a fome e até Países secundários, com menores…

Ler mais... Gastos militares: os mais altos desde 1988

Ucrânia: o vento muda?

Em primeiro lugar, uma sugestão: não apanhem a gripe. Sério, não tem jeito nenhum, é mesmo estúpido. Simplesmente recusem, digam “Não estou interessado”, “Lamento, sou ateu” ou algo do género. Porque depois, uma vez apanhada, é preciso ficar no sofá, com um cão que de vez em quando passa para…

Ler mais... Ucrânia: o vento muda?

Al Baghdadi está vivo. Bin Laden pensa no regresso?

Bem alimentado, descansado e relaxado, de modo algum afectado por uma guerra que perdeu ruinosamente: até algumas semanas atrás era dado na última trincheira do Isis em Baghouz, para morrer heroicamente entre os últimos fieis enquanto os curdos competiam com o exército para capturá-lo. Dizia-se. Agora, Al Baghdadi reaparece. Dizem.…

Ler mais... Al Baghdadi está vivo. Bin Laden pensa no regresso?

Líbia: o caos, outra vez

As desgraças que nunca chegam sozinhas: começo da terceira guerra civil em menos de dez anos e combatentes do Isis que ainda procuram uma terra segura para o (novo) califado. Jihadistas que atacam no centro da Líbia, em Fuhaqa, e matam duas pessoas incluindo o Presidente do Câmara Municipal e…

Ler mais... Líbia: o caos, outra vez

Breve história do jornalismo de guerra

Foi em 1853 que o facto ocorreu, na Crimeia. Pela primeira vez, um observador, uma espécie de testemunha neutra, foi chamado para falar sobre a guerra. Não um cantor ao serviço do príncipe, não um general de letras ou um lutador literato, mas um jornalista. Aconteceu quando a Rainha Vitória…

Ler mais... Breve história do jornalismo de guerra

As crianças-soldados na guerra do Yemen

Adolescentes de 14 a 15 anos recrutados pelas forças pró-sauditas para lutar contra os rebeldes xiitas. Os mediadores prometem às famílias que os filhos vão trabalhar como cozinheiros ou funcionários, com salários de até 800 Dólares por mês: uma enormidade no Yemen. Em vez disso, os rapazes são atirados para…

Ler mais... As crianças-soldados na guerra do Yemen

Morte dum sommelier

Lorenzo Orsetti era chefe de profissão, sommelier (“escansão” em bom português), e trabalhava em Firenze. Ficou interessado na luta do povo curdo contra o Estado Islâmico: conheceu Paolo Andolina, activista e anarquista italiano que lutou contra o Isis ao lado dos curdos do YPG. Em Setembro de 2017, Lorenzo viajou…

Ler mais... Morte dum sommelier

A lista de Orwell

Os media alternativos adoram Orwell. É um ídolo e o seu romance, 1984, um ícone. Mas quantos deram-se o trabalho de tentar perceber quem era Orwell? Por qual razão escreveu aquele livro? Qual ideia queria transmitir? E sobretudo: era uma ideia dele? Era simplesmente uma alerta duma mente visionária, por…

Ler mais... A lista de Orwell

O Iraque vira: Hashid Shaabi, novo pesadelo sionista

O líder do Movimento Nacional Iraquiano, Seyed Ammar al-Hakim, disse que o seu País não sucumbiu à pressão de Washington para cumprir as sanções dos EUA contra o Irão. Nos comentários da passada Quinta-feira, Hakim disse que o actual governo iraquiano não se curvou à pressão dos EUA: O governo…

Ler mais... O Iraque vira: Hashid Shaabi, novo pesadelo sionista
%d bloggers like this: