O homem que salvou o mundo

Acham que a , em 1962, foi o maior perigos evento que poderia ter eclodido numa guerra nuclear? Errado. E isso é preocupante numa altura em que o clima da Guerra Fria parece estar de volta. O nome de Stanislav Evgrafovich Petrov é quase totalmente desconhecido. No entanto, deveria ser…

Ler mais... O homem que salvou o mundo

O Mar de Azov. E os úteis idiotas. E o Atlantic Council.

Nota: este artigo estreia um recurso incrível, filho duma tecnologia futurista: o Wiki Tooltip. Ao passar o rato por cima de determinados termos, magicamente irá abrir-se um pequeno  fornecido por Wikipedia. Ao clicar no pop-up, o Leitor será transferido (mas não fisicamente!) para a relativa página de Wikipedia. Por enquanto…

Ler mais... O Mar de Azov. E os úteis idiotas. E o Atlantic Council.

EUA: mais de 20 milhões de mortos desde a II Guerra Mundial

A Primeira Guerra Mundial (1914 – 1918) custou aproximadamente 16 milhões de vidas entre militares e civis. O preço da Segunda Guerra Mundial (1939 – 1945) foi muito mais elevado: 68 milhões de vidas. Feitas as contas, em 31 anos foram mortas 84 milhões de pessoas. Algo que deixa sem…

Ler mais... EUA: mais de 20 milhões de mortos desde a II Guerra Mundial

A assinatura molecular das guerras

Será que enquanto mastigava os biscoitos de manteiga durante “Boneca de Luxo” (Breakfast at Tiffany’s), Audrey Hepburn recordava a ocupação alemã da Holanda, quando tentava apaziguar as dores de fome com relva e bulbos de tulipas? As consequências daquele período, incluindo a sua saúde física precária, teriam acompanhado a actriz…

Ler mais... A assinatura molecular das guerras

O que é e como funciona a lawfare

Lawfare: os Leitores brasileiros podem já ter ouvido o termo, aqui na Europa é um pouco mais difícil. Mas a lawfare é uma arma, existe e é utilizada. Vamos ver o que é? E vamos. Diz a sábia Wikipedfia: Lawfare é uma palavra-valise (formada por law, ‘lei’, e warfare, ‘guerra’;…

Ler mais... O que é e como funciona a lawfare

The Times: o medo da paz

Estranho título aquele escolhido pelo britânico The Times: “Crescem os temores acerca dum acordo de paz de Trump com Putin”. Se o título é estranho, o resto do artigo é ainda pior. A Grã-Bretanha teme que o Presidente Trump enfraqueça a Nato ao fechar um acordo de paz com o…

Ler mais... The Times: o medo da paz
%d bloggers like this: