O futuro? Está atrás

A economia na forma do livre mercado, juntamente com toda a sua parafernália, domina totalmente a nossa sociedade e a discussão pública. O mercado livre está baseado na iniciativa privada e tem no centro a figura do empreendedor, tanto mais apreciado se for particularmente qualificado. A esse respeito, deve-se enfatizar…

Ler mais... O futuro? Está atrás

O voto “ponderado”

O seu nome é Dambisa Moyo, é um economista de renome internacional: trabalha na direção do banco Barclays Bank, da Seagate Technology, da Chevron Corporation e da empresa de mineração Barrick Gold, colabora com o Wall Street Journal e o Financial Times. Já trabalhou dois anos no Banco Mundial e…

Ler mais... O voto “ponderado”

Terceiro Mundo: cancelar a dívida? Um placebo

Enormes empréstimos de organizações financeiras internacionais, consistentes alívios das dívidas dos Estados, recursos captados pela iniciativa privada, formas organizadas de caridade com a participação de celebridades. Rios de Dólares que parecem não ter interessado o problema do subdesenvolvimento e da pobreza endémica no Terceiro Mundo. De facto, verificou-se que, desde…

Ler mais... Terceiro Mundo: cancelar a dívida? Um placebo
http://2.bp.blogspot.com/-0PWN0sT9qCo/T-USik7P_9I/AAAAAAAAACs/sfFNyXapNdM/s1600/impressionismo.jpg

Breve história do Neoliberalismo – Parte II

O Neoliberalismo não atingiu apenas o mundo ocidental: longe disso. Foi imposto no resto do mundo, como efeitos devastadores nos Países em desenvolvimento. O Neoliberalismo de exportação Não apenas alguns Países ocidentais, como Estados Unidos e Grã-Bretanha, têm experimentado o Neoliberalismo nas suas economias e de forma agressiva, mas muitas…

Ler mais... Breve história do Neoliberalismo – Parte II
https://cdn-images-1.medium.com/max/1000/1*f8uQm25yvJ1kmYVYZkfJCg.png

Breve história do Neoliberalismo – Parte I

Vivemos numa sociedade capitalista ou liberalista? Vivemos nas duas. Mas então qual a diferença? Bom, simplificando podemos dizer que o Capitalismo é uma sociedade onde domina a propriedade privada, enquanto o Liberalismo é algo um pouco mais específico, é uma teoria económica. O Capitalismo não é uma teoria económica? Na…

Ler mais... Breve história do Neoliberalismo – Parte I

A privatização não funciona – Parte II

É interessante frisar como em situações de guerra (guerra no nosso território, não as intervenções “pacificadoras” em Países desgraçados, como a Síria ou o Yemen) a mentalidade “privada” e “de mercado” é apenas perturbadora, subversiva e imoral: é preciso fazer funcionar os comboios debaixo das bombas e com eles a…

Ler mais... A privatização não funciona – Parte II

Criptomoedas: mais um prego no caixão

A partir das colunas do britânico Telegraph, o especialista em negócios Ambrose Evans-Pritchard volta a falar de Bitcoins porque o Bank for International Settlements (BIS) decidiu analisar o fenómeno das criptomoedas. Trata-se duma opinião importante: não porque a fonte seja imparcial (não é: o BIS é “o banco dos bancos…

Ler mais... Criptomoedas: mais um prego no caixão

A privatização não funciona – Parte I

Linha ferroviária Londres – Edimburgo. Gerida por privados, faliu. E pela terceira vez em dez anos, é o Estado que tem que encher os cofres do operador privado: o equivalente a dois bilhões de Euros. Quando a linha era pública, a linha rendia o equivalente a um bilhão por ano.…

Ler mais... A privatização não funciona – Parte I

Prós e contras da moeda hegemónica (o Dólar)

Quais são as vantagens em ter uma moeda hegemónica? O Dólar, por exemplo, é a moeda hegemónica: é a moeda com a qual são realizadas a maior parte das trocas comercias, especialmente as relativas ao petróleo, e financeiras; é utilizada como reserva pelos bancos centrais e nos tesouros dos grandes…

Ler mais... Prós e contras da moeda hegemónica (o Dólar)

A Rússia olha para o leste

Durante o último vértice G7, Donald Trump sugeriu que a Rússia seja readmitida no grupo. Não é bem claro por qual razão o Presidente dos Estados Unidos fez isso: talvez pense que uma Rússia no G8 seja mais facilmente “maleável”; pode ser uma maneira de inserir os EUA no discurso…

Ler mais... A Rússia olha para o leste
%d bloggers like this: