A doença mortífera…

Lamento informar que o bom Max foi atingido por uma terrível doença e que nos próximos 1 ou 2 dias o blog pode ficar parado. A doença, que costuma deixar poucas esperanças (no sentido que quando chega, chega e ficas com ela), tem o nome de “gripe”. Não sei se é conhecida no Brasil.

Em qualquer caso, pareceu-me coisa bonita avisar; peço desculpa pelo incómodo e aproveito para deixar as saudações ao estilo de Aldo Luiz: sinto muito, me perdoe, os amo, estou doente.

E às melhoras 🙂

Ipse infirmum! 

9 Replies to “A doença mortífera…”

  1. Max, agora que estávamos tão bem na Lua, resolves ficar com gripe!
    Tenho um bom remédio para isso: muita aguardente com mel. Se por acaso não tiveres mel, a receita funciona na mesma. E deve dar uns posts giros!

    bonum recuperatis

    Krowler

  2. Obrigado pessoal!

    Custa-me cada vez que tenho de interromper o blog. Mas esta gripe é mesmo feia.
    Um conselho: evitem a gripe.

    Talvez alguns entre os Leitores podem pensar "Quase quase este ano apanho a gripe, não tenho nada para fazer e vou experimentar". Confiem em mim: não vale a pena. Se querem mesmo sofrer, vejam um discurso do Presidente da República Portuguesa, Cavaco Silva.

    Exagerei? Talvez. Pode ser melhor a gripe.
    Na dúvida, evitem ambos.

    Obrigado e até amanhã!

Obrigado por participar na discussão!

%d bloggers like this: