Portugal? Como New York!

Digam a verdade, todos a pensar: O próximo a cair? Portugal! Mas aparentemente não.

Não que a situação perto do Tejo não seja vacilante; mas New York está pior.
Pelo menos de acordo com Business Insider.

Eis as razões:

– Há quase dois meses, o Conselho comunal opera em planos de gastos semanais.

– O governador vai deixar em casa todos os funcionários públicos um dia por semana, até que os sindicatos aceitem os cortes de salários.

– Os sindicatos, entretanto, recorrem ao tribunal que suspende a medida.

– New York tem um deficit de 9,2 bilhões de dólares para este ano fiscal.

– O governador adiou a entrega de fundos para os distritos escolares a partir de Março até Junho, para um total de dois bilhões de dólares.

– 899 funcionários públicos recebem um salário superior ao do governador.

– Nova York não pode demitir qualquer funcionário até 2011, graças a um acordo alcançado em troca de reduções nas pensões.

– A dívida de longo prazo é muito pesada: 120 bilhões de dólares em pensões que não têm fundos.

– Mais de 1000 professores reformados recebem pensões que excedem os cem mil dólares por ano.

– Os dirigentes admitem: Nova York fez “desaparecer” bilhões de dólares com truques no orçamento, e agora perdeu a trilha da verdadeira extensão da dívida.

– Cortes radicais no orçamento irão traduzir-se no encerramento de 55 parques públicos e locais históricos.

– O Presidente da Câmara vai cortar 11 mil postos de trabalho municipais.

– Na passada Segunda-feira milhares de pessoas manifestaram-se contra os despedimentos.

– Ao contrário do País, New York não pode imprimir dinheiro para absorver a dívida.

– Os nova-iorquinos culpam o resto do país: pagam $ 1,23 em impostos para cada dólar recebido de volta em serviços.

A frase “Só em Portugal!” agora terá que ser mudada: “…e em New York também”.

Fonte: Business Insider, Crises.

Obrigado por participar na discussão!

%d bloggers like this: